Pela interdição do campo do FCP ou demissão imediata da direcção da Liga de Clubes

O recente episódio com o autocarro do Benfica é a prova de que a Liga não tomou qualquer medida no sentido de pacificar o mundo do futebol em Portugal e que continua a permitir a selvajaria.

Num país civilizado o campo de futebol do FCP já tinha sido interditado e hoje andavam a jogar a 1.000 kms da sua sede.

Uma organização assim não merece a confiança dos espectadores de futebol.

Depois do que aconteceu na época passada, está tudo preparado para haver repetição. A direcção da Liga de Clubes tem de ser responsabilizada civil e criminalmente pelas consequências da sua permissividade.

Se não é capaz de dar garantias de segurança ao espectador de futebol que se demita desde já.

1 comentário:

Tiago disse...

e o Laurentino também não se pode demitir desta responsabilidade! mas só o ouvimos falar é para implicar com o Benfica!