então quem pagou a deslocação do Benfica a Angola?

O Governo angolano garantiu hoje, em Luanda, que a deslocação do Benfica a Angola para defrontar os Palancas Negras, no passado dia 10 de Novembro, «não representou qualquer encargo para o orçamento de Estado».

O esclarecimento foi feito por Carlos Feijó, ministro de Estado angolano, durante a discussão do orçamento de Estado para 2011, no Parlamento.

Face às notícias que dão conta do maior cachet alguma vez pago para a deslocação de uma equipa a Angola, um deputado questionou se era verdade que o Governo angolano tinha subsidiado a estada do Benfica em Luanda e que benefícios poderiam resultar desse patrocínio.

«É bom que estas pequenas coisas sejam clarificadas», vincou Carlos Feijó, que reiterou não ter havido qualquer custo para o erário público.

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=232715

1 comentário:

Juris disse...

Ó Pá! os 14 milhões do BPN, que andam a voar num bico de ave de rapina deram, e vão dando, para isto tudo.

O regime só não quer é muito alarido, para não ter que recorrer ao peso pesado da gabardina abastada.